Gramsci e o Brasil: em breve, seminário!

O Professor Leonardo Ramos, membro do Grupo de Pesquisa sobre Potências Médias, em breve participará de Seminário da International Gramsci Society.

O Seminário Comemorativo IGS/Brasil: Crise orgânica e luta de classes acontecerá no auditório da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense.

Esse seminário é realizado pelo NUFIPE -Núcleo de Estudos e Pesquisas em Filosofia, Política e Educação, além da Internacional Gramsci SOCIETY – IGS

O Professor Ramos estará presente em mesa redonda, ainda composta por Maria Socorro Militão – UFU, Rodrigo Lima – UFF e Percival Tavaras – UFF. Essa mesa está programada para o dia 01/06, quarta-feira, às 09:00hs.

Para acessar a programação completa, clique aqui.

logo_igsbfb

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

I Encontro de Economia Política Internacional da UFRJ

O Professor Javier Vadell, coordenador do GPPM, participará do I Encontro de Economia Política Internacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O Encontro acontecerá entre os dias 11, 12 e 13 de maio. A participação do Professor Javier envolverá trabalho em uma mesa redonda com a temática do Desenvolvimento, no dia 12/05.

Para demais informações, clicar aqui: I ENEPI

logoenepi

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Os desafios da equidade e a preocupação dos grandes grupos: as agendas do G7, do G20 e do Banco Mundial para lidar com as desigualdades de gênero.

por Bárbara Lopes Campos

As desigualdades entre homens e mulheres, seja em ambitos econômicos, políticos, sociais ou culturais, estão ganhando cada vez mais destaque em palcos de discussão, tanto no interior dos Estados quanto no cenário internacional. Desde pautas trazidas pela ONU Mulheres, agência baseada nos Princípios de Empoderamento das Mulheres e que discute inúmeras questões como saúde reprodutiva, casamento infantil e direito educacional, até a criação de políticas públicas voltadas para as mulheres e debates nas redes sociais sobre a situação desigual da mulher na vida cotidiana, estão trazendo as questões de desigualdade de gênero para o foco de muitos programas e projetos. Os grupos que representam muitas das grandes potências e de países mais desenvolvidos do mundo não ficaram fora dessa tendência. Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

IV Cumbre de la Celac. ¿Lloverá sobre mojado?

Por Javier Surasky[i]

El pasado 27 de enero, los Jefes y Jefas de Gobierno de América Latina y el Caribe volvieron a encontrarse en Quito. La ocasión fue la celebración de la IV Cumbre de la Celac.

La Cumbre estuvo presidida, como normalmente ocurre, por un conjunto de reuniones de equipos técnicos y entre los cancilleres de los países que la integran; pero como pocas veces, en esta oportunidad se ha sentido la presencia de desencuentros, primeros síntomas de una época de cambios políticos en la región. Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

FÓRUM DE COOPERAÇÃO CHINA-ÁFRICA 2015: A VIª REUNIÃO DO FOCAC.

Por Débora Veríssimo Mattar, Lorena Mendes Santana e Maria Clara Fernandes Caon [i]

O Fórum de Cooperação China-África (FOCAC)[ii], criado em 2000, institucionalizou as relações sino-africanas ao criar uma arena propicia ao diálogo bilateral entre os diversos países africanos e a República Popular da China (RPC). Essa relação é pautada na Cooperação Sul-Sul e visa o estreitamento do diálogo político e das relações econômicas e comercias entre duas regiões. Até agora já foram ministradas seis reuniões que ocorrem a cada três anos desde 2000. Juntos, China e África estão consolidando um novo tipo de parceria estratégica, aumentando o volume de comércio, que cresceu de forma significativa nos últimos anos, chegando a alcançar em 2014 cerca de 201.1 bilhões de dólares (FOCAC…, 2015). Assim, os encontros do FOCAC visam atrelar as economias dos países membros, de forma que ambos tenham ganhos proporcionais. Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Turquia, 2015: a 10ª Cúpula de Líderes do G20.

por Leonardo Ramos[i] e Helena Ribas Françozo[ii]

Nos dias 15 e 16 de novembro de 2015 ocorreu em Antália, Turquia,a 10ª cúpula de líderes do G20.Desde que assumiu a presidência do G20, a Turquia priorizou o “crescimento inclusivo e robusto através da ação coletiva”, o que ficou expresso nos três pilares da presidência turca (“três Is”): (i) implementação dos compromissos passados; (ii) investimentos para fortalecer a recuperação econômica e o potencial de crescimento dos países; e (iii) promoção da inclusão (Turkey G20, 2015, p. 3)[iii]. A partir de tais prioridades, bem como dos desdobramentos da conjuntura internacional, eram aguardadas ações por parte do G20 com relação à economia mundial; aos refugiados e à Síria[iv]; e às mudanças climáticas tendo em vista COP-21. A despeito de tais expectativas, poucos foram os avanços da cúpula. Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

À beira do abismo: o novo estágio da guerra na Síria

por Fabiano Mielniczuk [i]

A derrubada de um caça russo pela Turquia em sua fronteira com a Síria coloca o mundo em um estágio de alerta. Dificilmente a Rússia deixará passar a atitude turca sem algum tipo de retaliação. Essa expectativa se reforça se considerarmos os detalhes da tragédia: a Turquia abateu a aeronave russa, os pilotos ejetaram em uma área controlada por rebeldes sírios de origem turca e foram metralhados antes de conseguirem chegar ao solo. Em seguida, em uma operação de resgate desses pilotos, um helicóptero russo é atingido por um projétil de um TOW americano, uma espécie de bazuca antitanque distribuída pelos EUA aos rebeldes assim que os russos iniciaram as operações contra grupos insurgentes na Síria. Todos esses fatos foram registrados em vídeo e publicados na internet por grupos de ‘rebeldes moderados’ poucas horas após sua gravação.  Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O G20 em Antalya 2015

Pedro Henrique Schneider Parreiras[1]

Assim como ocorreu em anos anteriores, o G20 reuniu-se em 2015 em meio a sérias questões geopolíticas. Mais uma vez, o fórum não se deixou ser monopolizado por tais questões, lidando com a sua agenda habitual. O mesmo ocorreu com o grupo de diálogo Business 20, ou apenas B20. Ao longo de seu ano de atividades, iniciado em dezembro de 2014, o grupo reuniu 685 membros em suas forças tarefas, em sua maioria, executivos, membros de associações e funcionários de empresas de consultoria, configurando-se como a maior reunião do B20 até agora. Além das reuniões das forças tarefas (três pessoas e várias via vídeo conferência) o B20 realizou, pela primeira vez, consultas regionais que tinham como objetivo discutir as recomendações do B20 ao G20 com as comunidades de negócios locais. Ao total foram 11 consultas realizadas em 4 continentes diferentes, inclusive uma em São Paulo presidida pela CNI, reunindo um total de 950 indivíduos de organizações públicas e privadas. (B20, 2015c; ICC, 2014). Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Reaparelhamento militar e a nova/velha Política externa russa.

Por Felipe Costa Lima

“A integridade territorial da Rússia não está sujeita a negociações. (…) Tomaremos ações duras contra qualquer um que viole nossa integridade territorial. A Rússia tem sido um grande poder há séculos, e continua sendo. Sempre teve e ainda tem áreas de legítimas de interesse no exterior, em antigas terras soviéticas e além. Não devemos baixar nossa guarda, nem deixar que nossa opinião seja ignorada.” (1). Após 16 anos de seu discurso para a Duma, durante sua aprovação como Primeiro-Ministro da Rússia, Vladimir Putin cumpre sua promessa de restabelecer uma política externa russa mais assertiva e a hegemonia sobre os antigos territórios soviéticos. Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Política externa e crise política.

por Gabriel Pimenta*

O debate da Assembleia Geral da ONU é um momento de destaque da política internacional na imprensa, levando chefes de Estado a aproveitar a ocasião para exibir grandes projetos e fazer anúncios para diferentes plateias, como outros líderes políticos e o público interno. O discurso da presidenta Dilma Rousseff no dia 28/09 não fugiu à regra e apresentou tanto iniciativas de política externa quanto comentou questões relativas à agenda interna. Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário